check tag wrench cart

Como monitorar a frequência cardíaca

Leve seu treino para o próximo nível

Ao monitorar sua frequência cardíaca, você sabe quanto seu corpo está trabalhando e pode regular facilmente o nível de intensidade de seus treinos. O monitoramento da frequência cardíaca elimina a adivinhação e dá um impulso extra ao seu treino.

Se você está procurando uma maneira fácil de monitorar seus treinos ou uma solução extremamente precisa para capturar seus dados de treino, temos as ferramentas certas para você. Os monitores de frequência cardíaca da Polar têm a confiança de atletas de elite de todo o mundo e são conhecidos por sua durabilidade e precisão.

Como medir sua frequência cardíaca?

A Polar oferece dois métodos diferentes para medir a frequência cardíaca: a medição da frequência cardíaca óptica e a cinta peitoral com um sensor de frequência cardíaca.

Cinta peitoral – A excelência do monitoramento da frequência cardíaca

A cinta peitoral mede a atividade elétrica do seu coração (ECG). Ela detecta os sinais elétricos do seu coração com um sensor conectado à cinta e transforma os sinais em dados de frequência cardíaca.

Se você leva seu treino a sério e busca máxima precisão e confiabilidade, o monitoramento da cinta peitoral é uma aposta segura para você.

Medição de frequência cardíaca óptica – Uma solução completa e prática

A medição da frequência cardíaca óptica (OHR) baseia-se na fotopletismografia (PPG). Simplificando, ela usa luzes de LED e um detector de luz para medir as mudanças no tamanho dos vasos sanguíneos e transforma essas medidas em leituras da frequência cardíaca.

Oferecemos duas soluções de frequência cardíaca óptica: um relógio esportivo com um monitor de frequência cardíaca baseada no pulso ou uma braçadeira com sensor óptico de frequência cardíaca.

Se você está procurando uma maneira conveniente e completa de monitorar seus batimentos, a frequência cardíaca óptica pode ser a ferramenta certa para você.

Qual escolher: cinta peitoral ou OHR?

Cinta peitoral – Máxima precisão e confiança

A cinta peitoral é a melhor solução para atletas empenhados e para aqueles que exigem uma medição precisa da frequência cardíaca em cada sessão de treino. Ela mede a atividade elétrica do seu coração (ECG) e é recomendada especialmente para o treino intervalado, o treino com pesos e para esportes com raquete.

Leia mais

O que é o monitoramento da frequência cardíaca óptica?

O monitoramento da frequência cardíaca óptica usa um método chamado fotopletismografia (PPG), que significa medir opticamente as alterações volumétricas de um órgão. PPG é o sinal que a solução de frequência cardíaca óptica mede, interpreta e usa para calcular sua frequência cardíaca.

Saiba mais

Frequência cardíaca óptica baseada no pulso

Meça a sua frequência cardíaca opticamente através da pele do seu pulso com facilidade e sem a necessidade de usar uma cinta peitoral separada enquanto estiver se exercitando.

Frequência cardíaca óptica baseada no braço

Monitore seus batimentos de forma conveniente e confortável em esportes em que a colocação do sensor pode atrapalhar seu movimento e desempenho ou afetar a qualidade do sinal da frequência cardíaca óptica.

Tecnologia de fusão do sensor Polar Precision Prime

Faça um monitoramento preciso da frequência cardíaca medida no pulso até nas condições mais exigentes.

Saiba mais

Change region

If your country is not listed on this page, please find your local contact details, retailers and stores and service points on our global site.

Frequência cardíaca óptica ou cinta peitoral – qual é a melhor opção para mim?

Como a medição da frequência cardíaca óptica e a medição da frequência cardíaca da cinta peitoral usam tecnologias diferentes, elas não são diretamente comparáveis. Ao contrário, são duas maneiras diferentes de atingir o mesmo objetivo e são adequadas a usos diferentes.

Qual é a precisão da frequência cardíaca óptica em comparação com a frequência cardíaca com base na cinta peitoral?

De acordo com nossos próprios estudos de validação, nossas leituras de frequência cardíaca óptica são muito semelhantes às leituras baseadas no ECG em muitos dos esportes mais populares, como corrida e ciclismo.

Escolha uma ferramenta para o trabalho, não um trabalho para a ferramenta

Aqui está uma lista das diferentes tecnologias de monitoramento da frequência cardíaca com algumas ideias sobre como usá-las:

Frequência cardíaca óptica baseada no pulso

– Correr em um ritmo estável.

– Fazer trajetos casuais de bicicleta ou um treino ocasional de ciclismo.

– Ficar de olho na sua frequência cardíaca noturna.

– Monitorar sua frequência cardíaca 24 horas por dia e 7 dias por semana.

– Reduzir o equipamento de treino ao viajar.

Frequência cardíaca óptica baseada no braço

– Monitorar sua frequência cardíaca na academia.

– Monitorar sua frequência cardíaca enquanto estiver jogando vôlei, futebol ou basquete.

– Colocar um sensor sem levantar sua camiseta na academia.

– Monitorar seus treinos de bicicleta com um ciclocomputador.

– Vestir seu relógio esportivo por cima da manga, porque você mora em um lugar onde faz frio durante o inverno.

Cinta peitoral com um sensor de frequência cardíaca

– Monitorar sua frequência cardíaca durante o treino intervalado.

– Monitorar sua frequência cardíaca na academia.

– Vestir seu relógio esportivo por cima da manga, porque você mora em um lugar onde faz frio durante o inverno.

– Monitorar sua frequência cardíaca enquanto você pratica esportes em que segura uma vara ou uma raquete.

– Usar o Recovery Pro.

– Monitorar a VFC para inserir em um aplicativo de análise de VFC.

Como funciona a medição da cinta peitoral?

O sensor de frequência cardíaca da cinta peitoral detecta o batimento cardíaco, o sinal elétrico do coração, com a precisão e a confiabilidade de um eletrocardiograma (ECG). Em seguida, ele fornece uma referência de tempo para as ocorrências do batimento cardíaco e transmite as informações para o seu relógio esportivo ou monitor de atividade física. O relógio esportivo ou o monitor de atividade física leem essa transmissão do sensor de frequência cardíaca e calculam o número de batimentos por minuto em que seu coração está trabalhando.

Quando eu devo usar a cinta peitoral?

A cinta peitoral é a maneira ideal de medir a frequência cardíaca em esportes com movimentos extremos dos braços. Esportes com raquete, esportes aquáticos, como natação, e esportes em condições de frio, como esqui, são melhor monitorados com a cinta peitoral.

A medição da cinta peitoral é a escolha certa para medir a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) para aprender mais sobre seu corpo e seu condicionamento físico.

Também recomendamos a cinta peitoral para o treino intervalado de alta intensidade (HIIT), onde sua frequência cardíaca flutua rapidamente, e para o treino com pesos, onde segurar uma barra ou outra forma de peso pode causar interferência na frequência cardíaca óptica.

Como funciona a medição da frequência cardíaca óptica?

Você pode medir o sinal de PPG quase em qualquer lugar do corpo: no seu dedo, no lóbulo da orelha, na têmpora ou no punho, por exemplo.

Resumidamente, o monitoramento da frequência cardíaca óptica envolve o uso de LEDs e um fotodiodo para medir as alterações no tamanho dos vasos sanguíneos sob a pele.

Um LED na parte de trás do seu dispositivo Polar acende uma luz constante sobre a pele. Parte dela é refletida e dispersa de volta para o fotodiodo. A solução de OHR monitora as mudanças e o tempo entre os pulsos e determina sua frequência cardíaca.

Monitoramento da frequência cardíaca óptica – qual é seu nível de precisão?

Um dos desafios do monitoramento da frequência cardíaca óptica é que ela é muito sensível ao movimento. O movimento pode interferir na rota da luz de LED até o detector e, assim, afetar as leituras da frequência cardíaca.

Para filtrar as distorções causadas pelo movimento, os dispositivos Polar com monitor de frequência cardíaca baseada no pulso usam dois sensores: um para detectar a frequência cardíaca e outro para sentir o movimento da mão. Os dados de movimento são então processados com um algoritmo que combina informações de ambos os sensores para fornecer uma leitura precisa da frequência cardíaca.

Em muitos esportes, atingimos um nível muito alto de precisão. Por isso, a precisão do monitoramento da frequência cardíaca óptica não precisa ser o fator decisivo quando você considera qual solução de monitoramento da frequência cardíaca é ideal para você.

A frequência cardíaca óptica é boa para quê?

O monitoramento da frequência cardíaca óptica é conveniente e rápido de usar. Como também é possível usar um sensor óptico de frequência cardíaca em seu braço, há muitas opções para escolher para as necessidades de diferentes atividades.

Se você usa seu relógio esportivo durante todo o dia e ele tem a função de frequência cardíaca óptica, você está sempre pronto para monitorar sua frequência cardíaca, seja durante a ioga na hora do almoço ou no seu trajeto de bicicleta. Além disso, se você deseja rastrear sua frequência cardíaca 24 horas por dia, a frequência cardíaca óptica é, indiscutivelmente, a única opção viável.

A tecnologia de fusão do sensor Polar Precision Prime representa a próxima geração de monitores de frequência cardíaca. Essa inovação combina a medição da frequência cardíaca óptica com a medição no contato com a pele para descartar qualquer artefato de movimento que possa perturbar o sinal da frequência cardíaca e produzir leituras não confiáveis.

Assim, sua frequência cardíaca é registrada com precisão mesmo nas condições e sessões de treino mais exigentes.