check tag wrench cart

Recuperação pós-maratona: semana 3

Treino e manutenção

Reforce o seu treino

Treinador: Nick Anderson, Treinador-Chefe da Polar no Reino Unido

Na terceira semana, você já pode começar a reforçar o seu treino novamente.

Faça uma corrida de final de semana um pouco mais longa, de 75 a 80 minutos, inteiramente em ritmo de conversação. Adicione mais sessões de qualidade, incluindo corridas intervaladas e com limiar definido.

Embora seu volume de treino ainda deva ser menor que o habitual, concentre-se em criar uma rotina sólida de fortalecimento do tronco e flexibilidade . Uma rotina que você possa manter quando o volume de treino aumentar novamente.

Atleta: Tish Jones, Equipe Britânica

A corrida exige demais do nosso corpo. Por isso, seu corpo pode precisar de uma ajuda depois da preparação e da própria corrida.

O tratamento de tecidos moles com massagem esportiva é crucial para a recuperação pós-maratona, mas não é uma má ideia fazer massagem regularmente para garantir que seus músculos e tendões permaneçam flexíveis e livres de resíduos ou fadiga.

Até os corredores e atletas profissionais mais experientes se beneficiam de conselhos de especialistas. Por isso, eu recomendo muito fazer uma consulta e um tratamento com um fisioterapeuta ou outro profissional depois de correr uma maratona.

Como monitorar?

Acertar na sua recuperação pós-maratona será essencial para voltar a treinar com força total. Para isso, a Potência de Corrida é uma métrica útil, não apenas para garantir sessões de treino mais eficazes, mas também para melhorar as corridas de recuperação. A carga muscular é um marcador importante da recuperação, bem como dos ganhos de desempenho e condicionamento físico.

Tente monitorar a Potência de Corrida em sua recuperação para garantir que sua energia/watts permaneça baixa e que a sua FC fique na zona 2 ou entre 60 a 70% da sua FC máxima.

Você pode perceber que, em alguns dias, mesmo que a sua frequência cardíaca permaneça baixa, seus watts podem estar altos. Como resultado, mesmo treinando com FC baixa, você ainda pode sentir cansaço no dia seguinte.

Isso sugere que, mesmo que você corra com uma FC baixa, mas com alta potência (carga muscular), a corrida pode ser muito difícil e atrasar a regeneração real.

O Polar Vantage V mede a sua Potência de Corrida diretamente do pulso, permitindo que você adapte suas corridas não apenas com base na FC, mas também na potência.

Além disso, o recurso Recovery Pro no Polar Vantage V ajuda a ver como seu corpo responde ao treino e se você está pronto para mais.

Change region

If your country/region is not listed on this page, please find your local contact details, retailers and stores and service points on our global site.

Hey there running aficionado!

Looks like you’ve spent a good while with our content – we’re thinking you find it interesting. You should know that there’s more of it coming at regular intervals (pun intended). To get the frequent running goodness automatically, sign up for our twice a month running newsletter.

Ao clicar em Inscrever, você concorda em receber e-mails da Polar e confirma que leu nosso Aviso de Privacidade